23 de fevereiro de 2015

O Destino de Coraline Smith (Família Flint #3)

Inglaterra, 1884.
           
Coraline Smith decidiu que quer estudar em Oxford. Sempre lhe interessaram os livros, o saber, mas também o esporte, em especial o incipiente futebol. O único pequeno problema é que uma mulher não pode estudar nessa universidade, não pode ter haver com o masculino ambiente futbolístico. Então, faz o que qualquer garota faria; corta o cabelo, usa umas costeletas falsas, consegue um trabalho de cronista esportivo, ingressa na universidade sob o nome falso do Corl Smith. Tudo vai bem até que se topa, literalmente, com David Flint, um professor e capitão do novíssimo selecionado inglês.

Davis Flint é um dos professores mais destacados de Oxford, reconhecido por seus pares e entusiasta treinador e jogador da seleção inglesa de futebol. Sua vida gira em torno dos livros e ao campeonato que se disputa entre a Inglaterra, Irlanda, Gales e Escócia. Nenhuma mulher o afastou jamais desse universo que construiu. Então, não entende os sentimentos que começa a desenvolver por esse moço um tanto feminino, que estuda em Oxford, que vai aos treinamentos, que bebe cerveja com eles, que se faz chamar Corl Smith.
Sabia que ela não era desse tipo de mulher. Não. Ela somente se disfarçava de homem. Coraline era uma mulher que lutava por seus sonhos e pelo que acreditava justo. Uma mulher valente, capaz de confrontar as consequências que podia lhe conduzir a aventura de estar juntos.
 Com humor, enredos e uma trama que apanha ao leitor desde a primeira linha, Camillle Robertson, nesta terceira novela da família Flint, indaga as relações entre homens e mulheres, os róis fixos que a sociedade lhes atribui e a magnitude de um amor que faz que um homem abandone a possibilidade de jogar a final de um campeonato de futebol.


4 comentários:

  1. Oi meninas, onde acho os dois primeiros? Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, meninas. Este livro pertece a uma serie de uma autora Argentina. Vcs teria os links dos outro em espanhol mesmo para ler? Se tive poderiam disponibilizar? Obrigada pela atenção!!

      Excluir
    2. Carol e tati, eu comecei pensando que era unico, lá pelo meio do livro desconfiei que era série, mas pode ser lido independente. O 1 e 2 só em espanhol. E vamos traduzir.

      Excluir
  2. Olá, já tem a tradução dos primeiros livros dessa serie? não vejo a hora de lê-los. Obrigada!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Seu Blog · Design por Alves Alvin · Todos os direitos reservados - Copyright © 2014 · Tecnologia do Blogger